top of page
  • Bruna Paixão

Quando NÃO usar o cartão de crédito?

Bora começar a usar seu cartão de crédito de forma consciente!


Está se sentindo DESCONTROLADO? Vem com a gente para resolvermos de vez os problemas do cartão de crédito!


Com certeza você já se fez esta pergunta: o cartão de crédito é amigo ou vilão? Bom, nós te trazemos a resposta: Você escolhe! O cartão de crédito é muito prático e, nós temos consciência de que ele traz muitas vantagens para você comprar algo sem ter o compromisso de precisar pagar na hora. Mas é preciso saber como usá-lo! Manter as faturas em dia e não acabar com uma dívida daquelas é o caminho. Continua aqui com a gente para entender como!


Para começar vamos entender melhor como funciona o tal do cartão de crédito. Ele é uma forma de pagamento que funciona como um empréstimo. Seu limite é pré-definido de acordo com uma análise do seu nome e possibilita comprar sem precisar pagar na hora, também permite parcelar uma compra. Uma vez por mês é necessário pagar a sua fatura, que será igual à soma de tudo que você gastou no cartão de crédito. Mas como saber qual a melhor forma de usar seu cartão?


Como usar o cartão de crédito de forma inteligente?


Caso você não souber como usar o cartão de crédito e acabar saindo por aí gastando adoidado até torrar seu limite, você com certeza vai causar uma bola de neve no seu orçamento. Nós não queremos isso, não é? Saca só essas dicas que separamos para você hoje:


1) É realmente necessário parcelar?


Nem tudo precisa ser parcelado! Acabamos parcelando compras que NÃO precisam ser parceladas, e, com isso, as parcelas vão se crescendo e se acumulando, até ficar impossível de pagar a fatura. Evite se endividar com muitas parcelas, já que imprevistos financeiros podem acontecer. Se você não pode pagar algo à vista agora, veja se é realmente o momento ideal para fazer a compra que está em mente.


2) Qual é seu limite máximo?


O banco libera um limite máximo, mas sabia que você pode ajustar ele? Por exemplo, caso forem liberados R$ 1.000 de limite, não necessariamente quer dizer que você precisa deixar todo esse valor disponível para uso. Ao invés disso, você pode definir quanto será capaz de pagar na fatura e controlar as compras para gastar até esse limite. Desse jeito, você não vai acabar sem dinheiro para pagar o cartão de crédito.


3) Não conte com o pagamento mínimo


O pagamento mínimo significa pagar menos agora e muitoooo mais depois. Se você não sabe como ele funciona, pagar o mínimo da sua fatura mensal repassa o valor não pago para o mês seguinte, mas com juros altíssimos, pois você entra no cartão de crédito rotativo. Você não fica com a fatura atrasada, mas o saldo devedor se multiplica em poucos meses. Por isso, nada de contar com o pagamento mínimo do cartão, hein!



4) Não pague contas de luz, água e telefone no crédito


Se você está pagando contas básicas no crédito, repense seu modo de consumir! Como o cartão de crédito é igualzinho a um empréstimo, você usando ele para pagar estes tipos de contas pode causar um estrago no seu orçamento. É necessário avaliar suas finanças, lembrando que o cartão de crédito não é uma extensão do seu dinheiro, ok? Além disso, pagar um boleto com o cartão de crédito, apesar de ser possível, acaba gerando a cobrança do IOF (Imposto por Operação Financeira), que não é nada barato.


5) Não tenha mais de um cartão


Evite ter vários cartões de crédito, e acabar acumulando-os. Controlar gastos, além de conhecer os juros, as taxas e o dia de vencimento da fatura de cada um dos cartões pode gerar um descontrole financeiro tremendo. A chance de você ficar endividado e com juros altos sendo cobrados é grande. Por isso, opte por ter somente um cartão com boas condições de uso.


6) Fique sempre atento ao saldo do cartão e fatura


Com os bancos digitais, muito usados ultimamente, esse tipo de controle fica ainda mais fácil. Busque ter o aplicativo do banco no seu celular ou gerar o extrato bancário no caixa eletrônico com frequência para ter controle sobre o saldo do cartão e o valor da sua fatura. Não acompanhar isso ao longo do mês pode te dar a falsa impressão de não ter gastado tanto, resultando em uma surpresa muito da desagradável ao receber a fatura.



Gostou do conteúdo? Deixa seu like e comenta aqui para sabermos!





41 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 commentaire


gillian fernandes
gillian fernandes
27 mai 2022

Não tenho mais limite ): Me ajudem

J'aime
bottom of page